Amor Cabal...

Março 12 2010

 

 

publicado por amorcabal às 19:01

Março 12 2010

Ora, quem acha que um milagre é alguma coisa de especial?
Por mim, de nada sei que não sejam milagres:
ou ande eu pelas ruas de Manhattan,
ou erga a vista sobre os telhados
na direcção do céu,
ou pise com os pés descalços
bem na franja das águas pela praia,
ou fale durante o dia com uma pessoa a quem amo,
ou vá de noite para a cama com uma pessoa a quem
                                                                                     /amo,
ou à mesa tome assento para jantar com os outros,
ou olhe os desconhecidos na carruagem
de frente para mim,
ou siga as abelhas atarefadas
junto à colmeia antes do meio-dia de verão
ou animais pastando na campina
ou passarinhos ou a maravilha dos insectos no ar,
ou a maravilha de um pôr-de-sol
ou das estrelas cintilando tão quietas e brilhantes,
ou o estranho contorno delicado e leve
da lua nova na primavera,
essas e outras coisas, uma e todas
— para mim são milagres,
umas ligadas às outras
ainda que cada uma bem distinta
e no seu próprio lugar.

Cada momento de luz ou de treva
é para mim um milagre,
milagre cada polegada cúbica de espaço,
cada metro quadrado da superfície da terra
por milagre se estende, cada pé
do interior está apinhado de milagres.

O mar é para mim um milagre sem fim:
os peixes nadando, as pedras,
o movimento das ondas,
os navios que vão com homens dentro
— existirão milagres mais estranhos?

Walt Whitman, in "Leaves of Grass"

 


publicado por amorcabal às 15:59
Tags:

Março 12 2010

"A obsessão pelo suicídio é própria de quem não pode viver, nem morrer, e cuja atenção nunca se afasta dessa dupla impossibilidade." (Emil Cioan)

 

publicado por amorcabal às 15:53

Março 12 2010

"Os hipócritas são como as tâmaras: o doce está fora, o mel nas palavras e o duro lá dentro, na alma." (Mateo Alemán)

publicado por amorcabal às 15:42

Março 12 2010

Sorri quando a dor te torturar
E a saudade atormentar
Os teus dias tristonhos vazios

Sorri quando tudo terminar
Quando nada mais restar
Do teu sonho encantador

Sorri quando o sol perder a luz
E sentires uma cruz
Nos teus ombros cansados doridos

Sorri vai mentindo a sua dor
E ao notar que tu sorris
Todo mundo irá supor
Que és feliz

 

Charles Chaplin

publicado por amorcabal às 15:30

Março 12 2010

Não sei pra onde ir...
Não sei mais quem sou...
Nem mais o que fazer.
Só tristeza e desilusão,
nem mais o que pensar.
Não sei se devo chorar
ou pensar na vida, ou
deixar a vida me levar...
Não sei por que
tanto egoísmo existe?
Nem sei por que
tanta inimizade
neste mundo?
Por que sou assim
cheio de amor pra dar
por quem não me ama...?
Por que vivo cheio
de sonhos que não existem?
Por só a depressão
invade meu ser?
Se amo tanto a vida...
mas a vida não
dá-me o prazer,
nem os meus sonhos
são realidade
nesta vida sem destino
e só cruel desilusão.
Por que sou sempre
o certo para os outros
e são errados para mim?
Mas sozinho nasci
e sozinho tenho que morrer,
cheio desenhos falsos...
cheio de mágoa
no coração.
Cheio de desilusões.

 

Sérgio Gibim Ortega

 

publicado por amorcabal às 15:27

Março 12 2010

Ás vezes tenho medo...

 

Medo de olhar e enxergar

Medo de sentir e gritar

Medo de escorregar e cair na lama

Medo de viver e morrer

 

Fico paralisada por algum tempo...

 

Esqueço que na vida nada é certo nem errado

Que tudo por ser ou não

Que não há garantias

E tudo depende das minhas escolhas

 

Esqueço que os meus olhos são estrelas

Que os meus cabelos são os ventos das tempestades

E das pequenas asas nos meus pés

 

Esqueço que existe um vulcão dentro do meu coração

E que o sol brilha em meu peito

Intensificando a emoção

E clareando a razão

 

Daí-me força, meu Deus, para ser o que sou

Força para seguir meu caminho sem medo

E ser feliz

 

Cláudia Perotti

 

 

publicado por amorcabal às 15:14
Tags:

mais sobre mim
Março 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
13

15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


pesquisar
 
blogs SAPO